flower_of_life_v2_by_janrobbe-d6tr2ew

Eu, esse imenso desconhecido

Eu sou uma pessoa, que acorda e trabalha, que come, respira, transpira, anda e dorme. Que tem prazer e dor, que faz, que cresce. Eu sou aquilo que vejo, aquilo que ouço, aquilo que pego com as mãos, o que cai na minha boca, o que preenche o meu nariz. O chão que piso, o ar que respiro. Eu sou o que é jovem e que envelhece, que casa e se reproduz, se multiplica e morre.

Eu sou a conquista e o desejo, eu sou a raiva e o pavor, eu sou o entusiasmo e a esperança, eu sou a intensidade e o impulso. Eu sou as paixões. Eu sou aquilo que tenho, e o que não posso perder. Eu sou o apego e o sofrimento, os picos mais altos e os fossos mais baixos. Eu sou a competição e a conquista.

Eu sou a lógica e o raciocínio, o que computa e registra. Eu sou o pensamento, as experiências já vividas. Eu sou a certeza absoluta da repetição constante. Eu sou controle e a insegurança, o forte e o frágil. Eu sou o que já aconteceu e tudo o que pode acontecer, o passado e o futuro, eu sou o dia de ontem e de amanhã. Eu sou o que aprendi, o que tenho que fazer, e a convicção de não saber. Eu sou o medo. Eu sou aquilo que pensam de mim. Eu sou a falta de escolhas. Eu sou o que creio, as comparações, os pesos, medidas e julgamentos. O melhor e o pior, o certo e o errado. Eu sou a contraposição entre eu e você, eu sou um nome, um alguém. Eu sou o tempo.

Eu sou a morte e o fim.

Eu sou o dentro e o fora.

Eu sou sentimento, a paz e a serenidade. Eu sou a base que sustenta. Eu sou o júbilo e o contentamento, a vivência da experiência, o aproveitamento e o aprendizado. Eu sou o conhecimento além das dúvidas, eu sou o plano infinito, em parte e em totalidade concomitantemente. Eu sou o que desafia a lógica, o que não tem explicação. Eu sou  a visão elevada, o guia em qualquer caminho. Eu sou presente, eu sou o maior presente, eu sou a realização, a alegria. O fácil, o belo, o óbvio. Eu sou a transformação e o aprimoramento, a funcionalidade e a adequação, o bom e o bem.

Eu sou a Verdade e a Criação, o Novo, o que jamais se repete. Eu sou o que está acima assim como está abaixo, o conceito da arquitetura da existência, a multiplicação em infinitas realidades. 

Eu sou tudo aquilo que sou, em todos seus significados e simbolismos, em seus desdobramentos e variações. Eu sou o Criador de tudo, de todos os contrastes, e Eu Sou Nada. Eu sou o que Cria para definir a Si, as maravilhas e o que se maravilha.

Eu sou a Vida e por onde a Vida passa.

Eu sou o Amor.

Eu sou.

 

Gita

Raul Seixas e Paulo Coelho

- Eu que já andei pelos quatro cantos do mundo procurando, foi justamente num sonho que Ele me falou

Às vezes você me pergunta
Por que é que eu sou tão calado
Não falo de amor quase nada
Nem fico sorrindo ao teu lado

Você pensa em mim toda hora
Me come, me cospe, me deixa
Talvez você não entenda
Mas hoje eu vou lhe mostrar

Eu sou a luz das estrelas
Eu sou a cor do luar
Eu sou as coisas da vida
Eu sou o medo de amar

Eu sou o medo do fraco
A força da imaginação
O blefe do jogador
Eu sou, eu fui, eu vou

Gita! Gita! Gita!
Gita! Gita!

Eu sou o seu sacrifício
A placa de contra-mão
O sangue no olhar do vampiro
E as juras de maldição

Eu sou a vela que acende
Eu sou a luz que se apaga
Eu sou a beira do abismo
Eu sou o tudo e o nada

Por que você me pergunta?
Perguntas não vão lhe mostrar
Que eu sou feito da terra
Do fogo, da água e do ar

Você me tem todo dia
Mas não sabe se é bom ou ruim
Mas saiba que eu estou em você
Mas você não está em mim.

Das telhas eu sou o telhado
A pesca do pescador
A letra A tem meu nome
Dos sonhos eu sou o amor

Eu sou a dona de casa
Nos pegue pagues do mundo
Eu sou a mão do carrasco
Sou raso, largo, profundo

Gita! Gita! Gita!
Gita! Gita!

Eu sou a mosca da sopa
E o dente do tubarão
Eu sou os olhos do cego
E a cegueira da visão

Eu!
Mas eu sou o amargo da língua
A mãe, o pai e o avô
O filho que ainda não veio
O início, o fim e o meio
O início, o fim e o meio
Eu sou o início
O fim e o meio
Eu sou o início
O fim e o meio

Deixar uma resposta

  • (will not be published)

XHTML: Pode usar estas marcas: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>