arara da paz

Deixe o Amor trabalhar

Fazemos parte de um corpo mental coletivo, que é constantemente influenciado por nós, e que também nos influencia o tempo todo. E é desnecessário demonstrar a importância das palavras na construção do nosso pensamento, afinal no nosso estágio atual nosso pensamento é composto primariamente por palavras.

Sendo tão intimamente ligada ao nosso pensamento coletivo, o nosso idioma pode nos demonstrar muito de como pensamos coletivamente, o que é muito importante, porque o pensamento é uma das nossas ferramentas de manifestação. Pensamentos coletivos geram manifestações coletivas.

Alguém pode querer comentar da situação de outra pessoa: não é incomum ouvir coisas como “fulana é uma guerreira!”, sempre com um certo tom de orgulho. Todo mundo entende o que isso quer dizer no Brasil, um país que não vê a cor de uma guerra internacional há muito tempo. É a exaltação da superação das batalhas que a dona fulana enfrentou, o quanto ela venceu cada dificuldade, o quanto ela brigou para conseguir o que queria.

O que é muito curioso, comparado com o quanto a violência nos choca. As pessoas em geral ficam muito horrorizadas frente o resultado da violência urbana e cotidiana, imagine-se então o quanto não ficariam se estivessem imersas em uma guerra real.

Tudo bem, pensando melhor, o que queríamos realmente exaltar era a perseverança dessa pessoa. Perseverança para superar obstáculos, principalmente os internos, é realmente algo útil, quando bem utilizado. Mas quando nos expressamos da forma inicial, na verdade estamos realçando muito mais os nossos conceitos sobre a necessidade de se lutar e sofrer para obter alguma coisa, do que a perseverança em si.

Provavelmente foi necessária muito mais perseverança para manter um movimento de independência nos moldes da não-violência, como fez Gandhi, do que para empunhar quaisquer outras armas em outros conflitos. Ou, aplicada a obstáculos mais comuns, a perseverança se revela muito mais em manter-se íntegro aos próprios valores internos, do que brigando com as outras pessoas.

“Ah, mas é a mesma coisa, você entendeu o que eu quis dizer”, argumenta o mental coletivo. Mas, na realidade, não é. Quando exaltamos essas qualidades de luta, de valorização dos nossos feitos somente após a vitória sobre dificuldades, criamos uma condição que exige que haja lutas, batalhas e dificuldades para que qualquer coisa se manifeste em nossa vida. Ou seja, se acreditamos que precisamos vencer obstáculos para alcançar a linha de chegada, o Universo vai criar uma pista de corrida com obstáculos para nossa corrida. Ele poderia criar também uma pista sem obstáculos, ou até nos fornecer bicicletas para atravessarmos os 800 metros, mas os criadores somos nós, quem é ele para julgar as nossas escolhas.

Nosso papel, na verdade, é o de projetistas. Um engenheiro prepara o projeto no computador e comanda a sua execução; a maneira que estamos acostumados a criar seria como se mantivéssemos o projeto na cabeça, em segredo, e arregaçássemos as mangas e começássemos a cavar os buracos com pás, ao invés de contratar uma empreiteira com todos seus tratores e guindastes para fazer o mesmo trabalho. Não é à toa que frequentemente não obtemos os resultados que desejamos.

A matéria-prima no nosso Universo é Amor Incondicional. Portanto, quem executa nossos projetos é o Amor do Criador por nós. Ter consciência disso faz toda a diferença, porque nos permite ampliar nossos projetos, e ao mesmo tempo delegar a execução às esferas pertinentes. Mesmo as nossas supostas batalhas, quer internas, quer externas, podem ser travadas através do Amor, e com resultados muito melhores, porque o Amor do Criador é incondicional e infinitamente igual tanto por nós, quanto por nossos supostos oponentes. O resultado é que não pode haver algo que prejudique um e favoreça o outro. A solução, então, está nos campos do Bem Comum, onde todos estão no Bem. Qualquer resultado diferente disso é criação humana, e não o Amor agindo.

Nos treinarmos para direcionar nossos pensamentos em direção à exaltação da facilidade, da beleza, da harmonia e do bem-estar vai acabar fazendo com que não criemos nossos próprios obstáculos. Entregar tudo aquilo que foge do nosso poder humano ao Criador nos trará a experiência de vivermos acontecimentos maravilhosos. E, se a ilusão da guerra parece inescapável, deixe que o Amor aja em seu lugar.

Around the World

Nikka Costa

Everyone around the world
Will find themselves about to fall
In my case I’ve gotten down, gotten up
Laid back down, filled my cup and had to crawl
But it’s clear that it’s my time to be here
And I’m gonna make it clear to you all

We spend our lives trying to get over
On this roller coaster that we’re traveling on
And everyday we ride the elevator
No matter where it takes ya
Up or down

Don’t let it get you down
Love will always be your soldier
Wiping every tear you cry
Yours for always and forever
Yours until the end of time

Everyone around the world
Will find themselves with the chance to fly
In that second we decide if we ride
Or if we’d be satisfied to pass it by
But it’s clear that it’s our time to be here
And we’ve gotta make it clear all our lives

We spend our lives trying to get over
On this roller coaster that we’re traveling on
And everyday we ride the elevator
No matter where it takes ya
Up or down

Don’t let it get you down
Love will always be your soldier
Wiping every tear you cry
Yours for always and forever
Yours until the end of time

When ain’t nothin’ goin’ right
Love will be your soldier
When all you can do is cry
Love will be your soldier
When no one is around
Love will be your soldier
When your world is tumbling down
Love will be your soldier

Don’t let it get you down
Love will always be your soldier
Wiping every tear you cry
Yours for always and forever
Yours until the end of timeWhen ain’t nothin’ goin’ right
Love will be your soldier
When all you can do is cry
Love will be your soldier
When no one is around
Love will be your soldier
When your world is tumbling down
Love will be your soldier

Ao redor do mundo
Nikka Costa
Todos mundo
Vai um dia estar na pior
No meu caso, fiquei down, fiquei na boa
Me dei por vencida, comemorei e comi o pão que o diabo amassou
Mas é óbvio que esse é o meu momento de estar aqui
E eu vou mostrar para todos vocêsNós desperdiçamos nossas vidas tentando suportar
Essa montanha-russa em que viajamos
E todo dia entramos no elevador
Não faz diferença onde ele te leva
Para cima ou para baixo

Então não deixe que ele te leve para baixo
O Amor vai ser sempre o seu soldado
Secando cada lágrima derramada
Seu para sempre e sempre
Seu até o final dos dias

Todo mundo
Vai se deparar com a chance de voar
Naquele segundo a gente decide se vamos nessa
Ou se a gente deixa para lá
Mas é óbvio que esse é o nosso tempo de estar aqui
E temos que ter isso claro por toda a vida

Nós desperdiçamos nossas vidas tentando suportar
Essa montanha-russa em que viajamos
E todo dia entramos no elevador
Não faz diferença onde ele te leva
Para cima ou para baixo

Então não deixe que ele te leve para baixo
O Amor vai ser sempre o seu soldado
Secando cada lágrima derramada
Seu para sempre e sempre
Seu até o final dos dias

Quando nada dá certo
O Amor vai ser seu soldado
Quando só te resta chorar
O Amor vai ser seu soldado
Quando não tem ninguém por perto
O Amor vai ser seu soldado
Quando seu mundo caiu
O Amor vai ser seu soldado

Deixar uma resposta

  • (will not be published)

XHTML: Pode usar estas marcas: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>